Tribulus Terrestris: o que é, para que serve e como tomar

O Tribulus terrestris é um produto natural usado para criar suplementos alimentares. É de conhecimento geral que é possível aumentar o ganho de massa muscular e otimizar a perda de gordura por meio do consumo de muitos alimentos naturais. Assim, todos aqueles que estão imersos na comunidade de praticantes de atividades físicas devem, em algum momento, ter ouvido alguma coisa sobre os efeitos do uso do Tribulus terrestris na suplementação.

Ficou interessado? Se você gostaria de saber tudo sobre o Tribulus terrestris antes de comprar, leia esse artigo até o final.

O que é

O Tribulus terrestris, também conhecido como videira da punctura e abrolhos, é uma erva danina da família Zygophyllaceae. Essa planta das regiões quentes do Velho Mundo é usada na medicina tradicional à séculos. Mais recentemente, ele começou a ser estudado devido a seus alegados efeitos afrodisíacos.

Segundo alguns estudos, o Tribulus terrestris pode funcionar como um estimulante físico e mental. O consumo do extrato ou suplemento desta erva daninha também pode ter outros efeitos, tais como o aumento de massa muscular, maior resistência física, manutenção da libido e melhora do desempenho sexual.

BULA SUPER TRIBULUS Terrestris 500 mg
Super Tribulus é um popular suplemento de Tribulus Terrestris

Realmente funciona?

O Tribulus terrestris começou a ser utilizada nos anos 70, na Europa, como uma planta medicinal. Porém, tem se tornado conhecida como uma substância capaz de aumentar a hipertrofia muscular, sendo encontrada na forma de cápsulas, chás ou extrato. Alguns estudos mostraram que a planta possui uma certa capacidade de aumentar o nível de um hormônio com um perfil luteinizante (LH), proporcionando o aumento da produção de testosterona nos homens.

No corpo feminino, o estímulo ao hormônio luteinizante funciona regulando a excreção da progesterona. Além disso, a planta também contém outros nutrientes importantes como o cálcio, potássio, fósforo e ácidos graxos. Pesquisas recentes mostraram que, além da melhora no desempenho sexual pelo estímulo ao hormônio LH, a planta também apresenta certa influência no ganho e aumento de massa muscular.

E isso se dá por um simples motivo: aumento da produção da testosterona. A testosterona é um dos hormônios encarregado pela força e resistência do corpo humano, auxiliando, também, no metabolismo e no sistema imunológico. Por ser multifuncional e proporcionar muitos benefícios ao corpo humano, o aumento do nível de testosterona é buscado por muitos atletas para a melhora do anabolismo muscular.


(09/06/2018) Atualização 1:

Uma revisão analisou os resultados de 12 estudos importantes sobre os efeitos do Tribulus terrestris em homens e mulheres entre 14 e 60 anos. Os estudos duraram de 2 a 90 dias e os participantes incluíram pessoas saudáveis e aqueles que tiveram problemas sexuais.

Para os pesquisadores, suplementos de Tribulus terrestris não irão aumentar a produção de testosterona.

Fonte: (Neychev e Mitev, 2016)

Estudos em animais geralmente mostrou melhores resultados. O Tribulus terrestris (TT) realmente aumentou a produção de testosterona em animais. Porém, quando testado com humanos, o resultado não é promissor:

Um número limitado de estudos em animais demonstrou um aumento significativo nos níveis séricos de testosterona após a administração de TT, mas esse efeito só foi observado em humanos quando o TT fazia parte de uma administração de suplementos combinados. A literatura disponível para a eficácia do TT no aumento das concentrações de testosterona é limitada. Evidências até o momento sugerem que o TT é ineficaz para aumentar os níveis de testosterona em humanos, assim, as alegações de marketing não são substanciadas.

Fonte: (Qureshi, Naughton e Petroczi, 2014)

Porém, embora o Tribulus terrestris não aumente seus níveis de testosterona, ele pode sim aumentar sua libido. Alguns estudos científicos mostraram isso:

  1. “Análise de estudos fitoquímicos e farmacológicos em humanos e animais revelou um papel importante do TT no tratamento da disfunção erétil e problemas de desejo sexual”. (Neychev e Mitev, 2016)
  2. “TT pode seguramente e efetivamente melhorar o desejo em mulheres com transtorno de desejo sexual hipoativo”. (Akhtari et al, 2014)
  3. “Após o período de tratamento de 12 semanas, foi observada uma melhoria significativa na função sexual com o TT em comparação com o placebo em homens com disfunção erétil leve ou moderada”. (Kamenov et al, 2017)

pra que serve TRIBULUS BULA com MACA PERUANA
Dois em um: suplemento Tribulus terrestris com maca peruana

Para que serve Tribulus terrestris

O Tribulus terrestris serve para aumentar naturalmente os níveis de testosterona do corpo e deste modo auxiliar no ganho de força física e massa muscular.

Os fabricantes de suplementos de Tribulus terrestris prometem que usá-lo pode  elevar em até 50% o nível de testosterona no organismo humano. E graças a isso, a maior quantidade de testosterona no organismo ajudará na prática de exercícios ao conceder mais resistência e energia, acelerando a obtenção de massa magra.

Esse efeito pode ser explicado pela vasodilatação provocada pela ação da protodioscina. Por causa disso, ele também é frequentemente usado como um tipo de “viagra natural”.


Obs.: o Tribulus terrestris não aumenta a produção de testosterona, mas pode aumentar a libido. Ver Atualização 1 logo acima.

(09/06/2018) Atualização 2: “Concluiu-se que Tribulus terrestris não produziu os grandes ganhos em força ou massa muscular magra que muitos fabricantes afirmam que podem ser experimentados dentro de 5-28 dias”. (Rogerson et al, 2017)


Como tomar tribulus terrestris

É possível encontrar o produto derivado do Tribulus Terrestris de várias maneiras, no mercado: pó e comprimidos, que são resultantes da trituração da planta e com efeitos muito mais amenos, e em extratos e chás, que são mais puros e possuem uma concentração maior da substância ativa da planta (saponina).

A dose recomendada de Tribulus terrestris não é fixa, variando de acordo com as necessidades do organismo de cada pessoa, e do produto a ser consumido. É possível observar que essas doses podem variar de 240 mg a 1,6 gramas, dependendo das variáveis citadas anteriormente.

Caso você consuma um produto derivado da planta que possua 40% do princípio ativo (saponina), irá precisar de uma dose mais elevada para que possa sentir seus efeitos, quando comparado com alguém que consuma um produto que contenha o dobro da concentração.

Como qualquer outro suplemento, o Tribulus terrestris é ingerido na forma de ciclos. Esses ciclos de suplementação podem variar de 1 a 2 meses.

Efeitos colaterais

Antes da ingestão de qualquer produto, é necessário estar ciente a respeito de seus possíveis efeitos colaterais. Com o Tribulus terrestris não é diferente. Acne, insônia e modificação do ciclo menstrual são alguns dos possíveis efeitos colaterais causados pelo uso desse suplemento.

Sensação de calor, inquietação devido ao aumento dos níveis de energia e taquicardia também podem ser sentidos.

Em homens, alguns estudos isolados observaram a ocorrência de ginecomastia e atrofia dos testículos causados pelo consumo de suplementos dietéticos de Tribulus terrestris. Para mulheres grávidas, o consumo é contraindicado por possuir algumas propriedades consideradas abortivas.

É importante salientar que, quando ingerido seguindo a recomendação, a substância não provoca esses efeitos negativos. Esses problemas, geralmente, acontecem quando os ciclos e a dosagem diária máxima recomendada não são obedecidos pelo atleta ou fisiculturista. Caso você sinta algum dos efeitos citados, reduza a dose consumida ou cesse o uso imediatamente.

Também é importante que um médico ou um profissional da saúde sejam procurados para que as causas possam ser investigadas de modo mais profundo. Nenhuma das informações apresentadas nesse artigo substituem a avaliação desses profissionais.

Onde comprar e qual o preço?

Você pode encontrar o extrato puro de Tribulus terrestris em estabelecimentos que vendem ervas e produtos naturais. Você vai encontrar o Tribulus terrestris à venda em pó ou suplementos. Farmácias de manipulação podem trabalhar com a substância sob encomenda.

Em qualquer um desses casos, é importante procurar realizar a compra em um local confiável, evitando adquirir um produto falsificado.

O preço do Tribulus terrestris pode variar muito, dependendo da concentração de saponinas presente no produto, a quantidade de cápsulas/caixas vendidas, quem fabrica o suplemento. Além disso, é possível também encontrar a mesma versão com preços diferentes a depender da loja. Pesquise bem antes de comprar Tribulus terrestris.

Se você já decidiu comprar esse suplemento, recomendados o SUPER TRIBULUS, que é um dos melhores e mais vendidos do Brasil. Porém, não acredite na ladainha escrita no site oficial deles que promete que o produto vai aumentar a espessura e tamanho do seu pênis de 1 a 8 cm. É mentira pura. O Super Tribulus vai te beneficiar de outras maneiras, principalmente auxiliando no ganho de massa muscular.

Bula

Exemplo de uma bula de uma caixa de Tribulus terrestris (ANDROSTEN) em cápsulas:

Composição: Cada comprimido contém:

Extrato seco de Tribulus Terrestris L. Zigophyllaceae (Tribulus) ………………….. 250mg

Excipientes (Celulose microcristalina, água, dióxido de silício, covopidone, álcool polivinílico, talco, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, dióxido de titânio e laca FD & C indigotina)……………….q.s.p.1 comprimido

Concentração dos princípios ativos:

O extrato de Tribulus terrestris está padronizado em, no mínimo, 45% de saponinas esteroidais calculadas como protodioscina.

Cada comprimido contém, no mínimo, 112,5mg de saponinas esteroidais calculadas como protodioscina.

Dextrose: o que é, para que serve e como tomar esse suplemento

A dextrose se apresenta como um dos suplementos mais utilizados pelos praticantes de musculação e exercícios aeróbicos. Ideal para melhorar a performance durante o exercício, a dextrose é uma fonte de energia rápida e de fácil assimilação pelo organismo. Se for consumida de maneira correta, o suplemento oferece múltiplos benefícios para quem busca o aumento da massa muscular.

Pronto pra considerar o quão perfeita a dextrose é para o seu regime de suplementação? Leia esse artigo para descobrir como o suplemento dextrose pode te ajudar a ganhar músculos mais rapidamente.

O que é dextrose

A dextrose é um carboidrato simples que tem uma estrutura molecular muito pequena, facilitando a sua digestão e proporcionando uma rápida absorção pelo organismo. A dextrose (que também pode ser conhecida como glicose) deriva da conversão enzimática do amido de milho. Dessa forma, leva a um aumento na taxa de glicose presente no sangue em poucos minutos.

Por isso, a dextrose é usada quando é preciso de uma fonte de energia imediata. Por possuir um índice glicêmico muito alto (cerca de 110), o resultado será um pico de insulina também será alto. Assim, quanto maior for o pico de insulina, maior será o transporte de proteínas, aminoácidos e outros nutrientes.

Dextrox Carbo Ignition
Dextrox Carbo Ignition, da Body Action

Para que serve

A função principal da dextrose é oferecer energia para o nosso organismo! Há dois momentos do nosso dia no qual nosso corpo precisa de muita energia: ao acordar e no pós-treino. Nesses dois momentos ocorre o catabolismo, ou seja, se inicia a degradação da fibra muscular (utilizando a proteína como fonte de energia).

É nesse momento que a suplementação deve ser feita. Quando há a disponibilidade de carboidratos para fornecer a energia requisitada, o organismo não precisará usar a proteína. Os carboidratos se tornam a primeira opção pois são mais fáceis de serem quebrados e metabolizados.

Dessa maneira, a proteína fica livre para trabalhar na reparação da fibra muscular que sofreu desgaste pela musculação. E assim, a dextrose auxilia no ganho de massa muscular.

Engorda?

Muitos praticantes de musculação evitam o uso do suplemento por acreditar que engorda. O que acontece, na verdade, é que a dextrose aumenta as taxas de glicose e insulina do organismo (por ser um carboidrato). Isso pode levar ao acúmulo de gordura se você não tivesse treinado antes. Ao finalizar um intenso treino de musculação, seu metabolismo estará necessitando de energia para repor o estoque perdido durante a prática dos exercícios.

Ingerir dextrose ao final do treino não irá levar ao acúmulo de gordura, visto que a energia será utilizada repondo o glicogênio muscular e para iniciar o processo de regeneração dos músculos. Porém, a quantidade de calorias que são consumidas ao longo do dia precisa ser levadas em consideração. Dito isso, deve-se utilizar o produto na suplementação pós-treino e controlar o que é consumido durante o dia (evitando ingerir mais calorias que a quantidade gasta pelo corpo com o metabolismo) é o ideal.

Como tomar dextrose

A melhor pessoa para indicar a quantidade ideal a ser ingerida por você é seu médico nutrólogo ou seu nutricionista. Porém, normalmente a orientação é consumir cerca de 30 gramas de dextrose (contém cerca de 120 calorias). É essencial incluir o suplemento na contagem das calorias diárias ingeridas, além de incluir na conta percentual de carboidratos que podem ser consumidos. Recomenda-se a ingestão de 55 a 60% da alimentação diária dos praticantes de exercícios físicos.

No caso dos praticantes de musculação, é recomendado que ela seja consumida após o treino, junto com uma fonte de carboidrato. Dessa forma, a dextrose irá repor a glicose do músculo e também favorecerá a entrada de proteínas. Para aqueles que preferem treinos aeróbicos, a orientação é que seja consumida antes ou durante os exercícios, como forma de “entregar” energia para a realização da atividade.

A dextrose é vendida em pó e deve ser diluído em água para o consumo. Não é recomendada a sua ingestão nos dias em que não há atividades físicas.

Qual tomar: maltodextrina ou dextrose?

Uma dúvida comum entre os que praticam exercícios físicos e gostariam de investir na suplementação com dextrose, é a diferença entre ela e a maltodextrina.

A maltodextrina é um carboidrato complexo e, assim, é absorvida gradativamente pelo organismo. Os carboidratos presentes na malto serão metabolizados de uma maneira mais lenta no corpo, contribuindo para o aumento de insulina na corrente sanguínea.

Assim como a dextrose, a maltodextrina é responsável por elevar o índice de glicose presente nas células, evitando o catabolismo muscular. Além de ajudar a retardar a fadiga muscular, ela também pode melhorar o desempenho físico.

O consumo de maltodextrina é indicado para aqueles que praticam atividades físicas intensa, por fornecer energia suficiente para que o exercício seja aproveitado ao máximo. Pode ser consumida antes e durante o exercício.

A dextrose, diferente da maltodextrina, é um carboidrato simples que apresenta uma estrutura molecular pequena, tornando a sua absorção mais rápida. Em poucos minutos, a dextrose é capaz de fornecer energia para seu corpo. Com um alto índice glicêmico, o pico de insulina produzido por esse suplemento será rápido. Assim, o transporte de proteínas, glutamina, aminoácidos e outros nutrientes, para as células, será mais rápido e irá favorecer a recuperação muscular.

Seu consumo é orientado a ser feito após os exercícios, influenciado pela sua rápida absorção. Evitando, assim, que o organismo utilize as proteínas como fonte de energia, após o treino.

maltodextrina dextrose preço
Pacote de Maltodextrina + Dextrose no Netshoes (link) sai por menos de 20 reais.

Quanto custa

Essa é uma pergunta que não possuí uma resposta concreta, pois é diretamente moldado pelo mercado. O comércio brasileiro é muito variável, existindo aqui no país diversas empresas que fabricam e comercializam esse tipo de suplemento.

Assim, é possível encontrar embalagens contendo 1kg com valores a partir de R$ 15, chegando a um valor de R$ 40. Esse valor pode ser influenciado pelo fabricante e pela loja em que a dextrose estiver sendo vendido.

Café verde: para que serve e como tomar esse emagrecedor natural

Novo queridinho das dietas, o café verde é um grande aliado para quem quer emagrecer. Obtido através do grão de café que ainda não foi torrado (por isso sua cor verde), o composto ajuda o corpo a eliminar o peso extra, graças a propriedades de sua composição.

Neste artigo, você encontrar informações sobre o café verde e porque ele pode ser benéfico à nossa saúde.

Para que serve café verde: benefícios à saúde

Além de auxiliar no emagrecimento – razão pela qual é muito procurado por homens e mulheres em busca de um emagrecedor natural, o café verde é rico em ácido clorogênico. Esse composto serve para equilibrar o metabolismo, garantindo que o corpo funcione melhor.

O consumo regular do café verde serve também para o controle da pressão arterial, evitando o desenvolvimento da hipertensão e para o controle da diabetes. Seu uso regular reduz a absorção de glicose e incentivando o corpo na produção da insulina.

O café verde serve ainda para prevenir a ocorrência de doenças cardiovasculares, protegendo o coração de infartos e outras enfermidades letais.

cafe-verde
O café verde tem sido muito usado recentemente como emagrecedor natural

Como tomar café verde

Em cápsulas: tome dois comprimidos ao dia, sendo uma cápsula pela manhã e outra vinte minutos antes do almoço. Para que entregue os resultados desejados é importante seguir a dosagem recomendada.

Entretanto, para garantir que seu uso seja seguro é importante consultar um médico. O profissional orientará quantas cápsulas você precisa ingerir por dia e como obter os melhores efeitos do produto.

Quanto tempo tomar

O tempo de uso recomendado varia caso a caso, mas em geral, para que sejam obtidos efeitos mais duradouros é preciso aguardar um determinado período de tempo. No caso da perda de peso, por exemplo, os efeitos costumam aparecer após três meses, com o café verde sendo consumido três vezes ao dia.

Se você deseja utilizar o chá verde para facilitar a perda de peso, é importante ainda combinar seu uso com a prática de exercícios aeróbicos, como corridas ou ginástica, aliada a uma dieta pobre em calorias e rica em alimentos saudáveis, como frutas e legumes, divididos em pequenas refeições, feitas de quatro em quatro horas.

Beba também bastante água (o recomendado é que sejam ingeridos dois litros por dia, para manter a hidratação em dia e facilitar a eliminação de gorduras e evitar que o corpo acumule líquidos para se manter em funcionamento).

Com os cuidados corretos e tomando a dosagem adequada você irá obter o melhor do café verde, e manter um corpo saudável.

Contraindicações e efeitos colaterais

Embora seja um produto totalmente natural, o café verde é rico em cafeína, por isso pode trazer alguns efeitos colaterais indesejados em algumas pessoas, principalmente naquelas que consomem uma dosagem maior do que a recomendada.

Entre essas reações, algumas pessoas podem apresentar nervosismo, palpitações e enxaquecas. Já outras, por outro lado, relatam sintomas como dores de cabeça quando deixam de consumir o produto, sintomas semelhantes aos apresentados por pessoas que tomavam muito café e, de repente, reduzem o consumo da bebida ou até param de ingeri-la por completo.

Se você está grávida ou amamentando não deve consumir esse produto, por causa dos altos níveis de cafeína em sua composição. O café verde também não é recomendado para crianças, pois elas podem desenvolver dependência do produto e ter a qualidade de seu sono prejudicada ou, ainda, apresentar quadros de hiperatividade.

Importante: se você já utiliza medicamentos para combater enfermidades como hipertensão arterial ou diabetes não interrompa o uso dos remédios. O café verde melhora o funcionamento do produto, mas não substitui os medicamentos tradicionais no tratamento de enfermidades crônicas que, sem tratamento, podem causar graves prejuízos à saúde.

Onde comprar

O café verde pode ser adquirido facilmente via internet, por valores que variam de acordo com a quantidade de cápsulas presentes em cada embalagem. Em geral, os preços cobrados podem sair de sessenta e cinco até cento e cinquenta reais.

Clique aqui para comprar Green Coffee Slim

Antes da compra é importante saber quantos comprimidos você realmente precisa, para não desperdiçar produtos ou adquirir menos cápsulas, prejudicando seu tratamento. O mesmo vale se você está em dúvida sobre a real necessidade de seu uso. Neste caso, adquira poucas cápsulas e utilize o produto de teste, para certificar-se de que o café verde é realmente aquilo que você procura.

Para tirar qualquer dúvida sobre o café verde vale o conselho anterior: converse com seu médico e faça todas as perguntas que desejar. Se sentir qualquer sintoma estranho ou que se pareça com efeitos colaterais, suspenda o uso imediatamente.

Creatina: como tomar e para que serve esse suplemento

Se você está procurando informações sobre a creatina, muito provavelmente, faz parte do universo da musculação e está buscando nessa substância melhores resultados corporais, não é mesmo?

Você veio ao lugar certo!

Aqui você encontrará todas as informações sobre a creatina, confira!

O que é Creatina

Creatina Universal
Pote de Creatina da Universal Nutrition, uma das melhores e mais vendidas marcas de creatina

A creatina é uma substância composta por 3 aminoácidos: arginina, glicina e metionina. Ela está presente em 95% das fibras musculares e 5% de nossos cérebros.

Sua sintetização é feita de forma natural pelos nossos rins, fígado e pâncreas para depois ser distribuída através de nossa corrente sanguínea até as células do organismo. Só após esse processo é que ela irá desempenhar seu papel: a produção de energia.

Apesar de seu consumo ser mais assíduo através de suplementos alimentares, a substância pode ser encontrada em pequenas quantidades em alimentos como peixes e carne vermelha.

A grande questão está aqui: Os alimentos não conseguem oferecer a meta de consumo recomendada, de 2 a 5 gramas, de maneira tão simples.

Isso porque seria necessário consumir 1kg de peixe ou carne vermelha por dia, o que é complicado, principalmente, em uma dieta para perda de peso.

Entra, então, a necessidade de suplementação! Mas calma…

Entenda para que serve e o seu funcionamento detalhado, antes de iniciar a ingestão.

Para que serve a creatina?

Ao fazer qualquer movimento ou atividade física, todos os músculos do corpo precisam se contrair e relaxar, afinal, essas são as ações básicas para que tudo aconteça naturalmente. Quando ocorre a contração, a fonte de energia que é consumida para realização do movimento chama-se ATP.

O ATP é o grande responsável pela produção das moléculas de fosfato que causa a liberação da energia. Finalizado esse processo, o ATP se transforma em ADP.

O organismo porém encontra um problema dentro desse processo: o ATP é como se fosse o combustível de partida e só consegue fornecer essa energia num período de 10 segundos, depois disso é necessário produzir mais dessa substância, senão ocorre a falha muscular.

É nesse momento do processo que a creatina entra em ação. Será ela a responsável por entregar a molécula de fosfato para a ADP e, com isso, inicia-se novamente o processo de recriação de mais ATP.

Parece confuso, mas dentro de nosso organismo a combinação é perfeita e toda a síntese é feita em questão de milésimos de segundos.

Devido a produção de ATP, nosso organismo terá mais energia nos músculos e não precisará recorrer a outros processos para gerar essa energia. Por exemplo, existe um processo chamado glicólise que tem o ácido lático em sua composição.

Sabe quando você está fazendo repetições de um exercício em seu treino de musculação e sente o músculo “queimando”? Ai está acontecendo um processo de glicólise. Se você intensificar o movimento, a quantidade de ácido irá aumentar e, com isso, seu músculo vai falhar.

Quando você toma creatina, você fornece ao seu organismo as células de fosfato necessárias para a produção de ATP, então ele não precisa recorrer a nenhum outro processo.

A consequência disso?

A quantidade de ácido lático é bastante minimizada fazendo com que você consiga treinar por muito mais tempo e em uma intensidade superior.

Como tomar creatina

Diferentes profissionais irão te passar formas distintas de como tomar creatina, então vale a pena sempre consultar seu médico ou personal para adequar ao seu organismo.

qual a dose certa de creatina devemos tomar
Qual a dose certa de creatina devemos tomar para obter os maiores resultados?

O jeito mais comum de consumo é a ingestão de quantidades diárias divididas em períodos diferentes do dia. Normalmente, os profissionais recomendam o consumo de creatina 2 vezes ao dia, sendo:

  1. Pré-treino: Como foi explicado anteriormente, o consumo de creatina equivale a produção de ATP, logo ao consumir antes do treino, você estará dando mais energia ao seus músculos para que ele faça um treino mais intenso.
  2. Pós-treino: No pós treino a recomendação de consumo é para repor os nutrientes que o músculo acaba de perder. Então, combinando a creatina com carboidratos e proteínas, você conseguirá uma recuperação muscular muito mais rápida, segura e completa.

Qual a dose devo tomar?

A recomendação é que você comece o consumo de creatina sempre aos poucos para que seu organismo possa se acostumar com essa substância “nova”, isso fará com que ele aprenda a absorvê-la com mais qualidade.

Se você vai começar agora, a recomendação é para que você tome uma quantidade entre 15 a 25 gramas de creatina para saturar seu organismo. Essa quantidade já fará com que você veja resultados expressivos em seus treinos, mas ainda será apenas o começo.

A partir da segunda semana, você vai reduzir as doses de 5 a 10 gramas. É como se você estivesse fazendo a manutenção para manter sempre seus músculos saturados da substância, ou seja, com a quantidade ideal para que a qualidade de seus treinos sejam boas.

O mais comum é manter o seu consumo de 1 mês e meio a no máximo 3. Depois desse período recomenda-se parar por algum tempo para não sobrecarregar as funções renais.

Sempre que você for tomar creatina, aconselha-se o consumo juntamente com algo rico em carboidrato. Pode ser uma refeição ou um shake de whey. Alguns atletas gostam do consumo com suco natural de uva que é bem rico em carboidrato.

Essa recomendação é feita, pois são os carboidratos os responsáveis pelo transporte da creatina e da proteína para todos os músculos do corpo.

Efeitos colaterais

Quem começa o consumo da creatina preocupa-se muito com seus efeitos colaterais. Diversas pesquisas já foram realizadas para análise da substância e o que encontrou-se foram poucas informações e efeitos colaterais bem raros.

Dois dos principais efeitos relatados pelos utilizadores de creatina são o aumento no número de câimbras e desidratação do corpo. No mais, outros colaterais encontrados foram:

  • Diarreia,
  • Náuseas;
  • Dor de estômago;
  • Aumento da pressão arterial.

Alguns estudos também apontaram que pessoas que possuem diabetes devem evitar o consumo de creatina. Isso porque, a creatina tende a diminuir o índice de açúcar no sangue e ainda, interfere no efeito de alguns medicamentos. Então, aumentam a chance de crises de hipoglicemia.

Um último estudo realizado em ratos apontou uma alteração da produção natural de creatina no organismo. Era como se o corpo aguardasse a ingestão da dose e diminuísse a intensidade própria de produção de creatina.

***

Gostou das dicas?

O artigo foi esclarecedor?

Se restou algum dúvida, deixe seu comentário!

Caseína – O que é? Quais os benefícios? Como tomar?

A caseína é uma proteína essencial para quem tem dificuldades em ganhar massa muscular. Ela pode te auxiliar no ganho de massa magra, e assim potencializar seus objetivos. É uma proteína encontrada no leite de vaca e seu extrato concentrado é muito utilizado por frequentadores de academia que buscam a hipertrofia.

Neste artigo vamos explorar algumas perguntas frequentes de sobre essa proteína. Afinal, o que é essa caseína? Quais seus benefícios? Acompanhe!

Pote de caseína da Optimum Nutrition, a melhor marca do mercado

O que é

A caseína é uma proteína de lenta digestão que pode ser encontrada em abundância no leite de vaca. Sua função é manter a atividade muscular adequada, assim impedindo o catabolismo e proporcionando o ganho de massa muscular.

As proteínas de lenta absorção, como é o caso da caseína, é utilizada pelo corpo principalmente antes de dormir ou ao acordar e é liberada gradualmente de acordo com a necessidade de seu corpo.

Benefícios da Caseína

  1. Dura mais tempo no seu organismo – Nem todas as proteínas são iguais. Diferentemente da proteína whey protein, a caseína é liberada lentamente na corrente sanguínea com constantes aminoácidos que podem durar horas.
  1. Produz maior ganho muscular – Alguns estudos científicos comprovam que a proteína é responsável pelo desenvolvimento de massa muscular magra. Como sabemos, durante o treino as fibras musculares são rasgadas e reparadas, e sua liberação lenta ajuda neste processo de reparação das fibras. Por isso, é bom ter uma boa noite de sono, assim seu corpo ganha força para reparar as fibras musculares que serão novamente rompida no dia seguinte, com este constante processo se formam os músculos.
  1. Produz força – Pergunte para qualquer homem que treine se ele tem vontade de aumentar sua força? Isso, quase sempre, está na lista de desejos. Em um estudo realizado em Massachusetts foi descoberto que a caseína possui o dobro de poder no ganho de força comparado com a proteína Whey, isso devido suas propriedades anti-catabólicas.
  1. Emagrece – Em estudos realizados comprovam que ela acelera o metabolismo, assim aumentando a queima de gordura. Constatou-se também maior saciedade, causada pela sensação de estomago cheio.

Como tomar

A caseína é uma proteína de absorção lenta, portanto é indicada para se tomar antes de dormir. É neste momento de repouso que nosso corpo precisa de nutrientes para se manter o estado anabólico onde acontece a reconstrução e crescimento muscular. A caseína irá garantir a nutrição necessária que seus músculos precisam.

Uma pergunta frequente. Posso tomar como pós-treino? Sim, pode. Mais há uma observação!

Seu corpo após um treino pesado necessita de reposição de energia o mais rápido possível. Portanto, combine com uma alimentação de fonte de energia imediata, como um carboidrato simples e/ou uma proteína de rápida absorção.

Quanto custa

Como quase tudo disponível no mercado, quanto vai custar um pote de caseína vai depender de vários fatores, tais como quantidade, peso, marca e qualidade. No Netshoes, a maior loja brasileira online de suplementos, a caseína mais barata custa R$ 99,90 (de 907 gramas, da Midway USA), enquanto que o pote mais caro sai por R$ 482,45 (de 1,8 quilos, da Dymatize Nutrition).

Para que serve

Basicamente, quem compra suplementos de caseína está comprando-os para ganhar massa muscular e força física mais rápido. Estudos mostram que tomar caseína junto com whey aumentam a quantidade de massa muscular ganhada.

Caseína faz mal?

Sim, mas apenas para aquelas pessoas que possuem alergia à caseína. Essa alergia ocorre quando o seu sistema imune pensa que a caseína é perigosa e passa a produzir anticorpos para se proteger dela. Alergia a caseína é mais comuns em bebês e crianças muito jovens e geralmente entre os 3 e 5 anos de idade ela desaparece. Porém, algumas pessoas não conseguem se livrar da alergia nessa fase etária e a carregam pelo resto da vida. Essas pessoas devem evitar consumir caseína.

Melhores suplementos para aumentar a produção de testosterona

A testosterona é um hormônio essencial para a saúde masculina, mas também é importante para mulheres. Ele desempenha papel crucial na queima de gorduras, ganho de massa muscular e é importante para manter nosso corpo saudável (#1).

O nível de testosterona em homens vem caindo continuamente, principalmente devido ao estilo de vida pouco saudável dos dias atuais (#2, #3).

Suplementos que aumentam a testosterona produzida pelo corpo existem para resolver esse problema. Eles funcionam ajudando o corpo a produzir mais testosterona e outros hormônios naturalmente, e alguns funcionam prevenindo que o corpo transforme a testosterona em estrogênio.

Continue reading “Melhores suplementos para aumentar a produção de testosterona”

Goji Berry: emagrece e seca a barriga?

Goji berry é um sucesso no Brasil a alguns anos. Essa frutinha de origem asiática parece ser um interessante aliado para quem busca perder peso. Além disso, ela é rica em diversos nutrientes, proporcionando, deste modo, diversos benefícios à nossa saúde.

Neste artigo, iremos te contar tudo o que você precisa saber sobre a goji berry. O que é isso? Para que serve? Ela pode me ajudar a emagrecer ou tornar a minha vida mais saudável? Onde encontro e compro?

Saiba tudo isso a partir de agora.

O que é

A goji berry é uma fruta nativa do sudeste da Europa e da Ásia que se tornou bem utilizada na medicina chinesa. Nos últimos anos o interesse por ela explodiu no mundo todo e agora ela é consumida nos quatro cantos do globo.

A goji berry se tornou a aliada de quem procura um estilo de vida saudável e querem se beneficiar de suas propriedades para a perda de peso. Além disso, ela é capaz de prevenir uma série de doenças, sendo uma ótima aliada para a saúde.

Porque a Goji Berry faz tanto sucesso?

Consumida a séculos nos países orientais, principalmente na China, ela tem um alto valor nutritivo. Ela se destaca por sua alta concentração de vitaminas e seu poder de emagrecimento. A eficácia da goji berry já foi testada em alguns artigos científicos.

Várias celebridades dizem que a goji berry emagrece e os seguidores dessas pessoas acabam usando também. Esses fatos fazem que a goji berry continue sendo um sucesso por todo o mundo.

Além de ser fonte proteínas, a goji berry é rica em vitamina C, superando muitas frutas conhecidas por este potencial. Também possui alto poder antioxidante e é rica em sais minerais. Destaca-se o magnésio, cálcio, ferro e o selênio.

goji berry fruta emagrecer
A concentração de vitamina C no goji é até 50 vezes maior do que a presente em uma laranja inteira.

A goji berry também é rica em betacaroteno, uma substância que é capaz de prevenir problemas sérios de visão. Quem nunca ouviu que comer cenoura faz bem para a visão? Pois então, essa frutinha possui muito mais betacaroteno do que a cenoura.

Também é de destaque o beta-sitosterol, conhecido pelo poder anti-inflamatório e de proteção ao coração. Sua ação é capaz de regular os níveis de colesterol, reduzindo o tipo nocivo (LDL) e aumentando o bom colesterol (HDL).

Goji Berry emagrece?

As propriedades emagrecedoras da goji berry já foram comprovadas e publicada no Journal of the American College of Nutrition (link da pesquisa, em inglês). Esse estudo mostrou que pessoas que tomaram o suco de goji berry por 14 dias (120mL por dia), perdeu cerca de 5cm de cintura durante o período.

Um dos estudos científicos feito com uma fórmula concentrada (frutas concentradas em cápsulas) comprova perda de 1,5 kg por semana. Nesse estudo, os voluntários não faziam dieta e nem exercícios, e mesmo assim emagreceram tomando goji berry.

Fruta ou cápsula para emagrecer?

Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher entre as frutas ou as cápsulas concentradas para o emagrecimento.

A resposta para isso é bem simples: muitas pessoas não fazem o uso correto da frutinha. Muitas vezes, consumidas exageradamente, trazem até o ganho de peso.

A fruta é menos concentrada que as cápsulas de goji berry, porém são mais saudáveis. As cápsulas, por outro lado, são muito melhores para a perda de peso devido à concentração de nutrientes.

Outro fator a se considerar é o sabor. O gosto de goji berry pode não ser apreciado por todos. O suplemento é, neste caso, a melhor escolha, já que eles não têm sabor.

Benefícios do Goji Berry

Essa frutinha tão famosa tem uma série de benefícios para a saúde. Seus benefícios vão muito além dos padrões de estética. O goji berry potencializa as defesas de seu organismo, melhora o humor e promove sensação de bem-estar.

Logo, um resumo deste rico alimento capaz de:

  • Melhora Imunológica: rico em vitamina C, fortalece as células de defesa aumentando as resistências a doenças e resfriados.
  • Protege a visão: uma das fontes mais ricas de carotenoides, o fruto melhora a visão e pode prevenir problemas na mácula – parte da retina.
  • Previne câncer: seu rico poder antioxidante impede o aparecimento de tumores ao combater os radicais livres, substâncias capazes de provocar mutações nas células.
  • Melhora a capacidade cognitiva: rico em Ômega 3, essa fruta auxilia no funcionamento do sistema nervoso, melhorando a concentração e memória.
  • Melhora a saúde cardiovascular: os antioxidantes presentes nesta fruta com o alto teor de fibras reduzem o colesterol alto e o rico de ataques cardíacos.
  • Benefício para sua pele: rico em betacaroteno que protege sua pele contra os raios ultravioletas prevenindo o câncer.
  • Melhora o humor: aumenta a produção da serotonina responsável pela sensação de bem-estar.
  • Perca de peso: Por último, não menos importante, ele é um ótimo aliado no processo de emagrecimento e também ajudam a aliviar o estresse físico e mental, tornando a pessoa calma e feliz.

Suplementos de Goji Berry

Logo abaixo, fizemos uma pequena lista com três suplementos de goji berry que são vendidos pela internet. Não há diferenças substanciais entre, ficando a seu gosto qual melhor satisfaz sua curiosidade:

Depoimentos de quem tomou

Na internet encontramos diversos depoimentos de quem tomou o goji berry, porém, é difícil saber se os comentários são legítimos. Geralmente quando há muitos elogios, a pessoa quase sempre tem um motivo para elogiar. Ela quase sempre quer te vender algo.

Para concluir nosso post informativo peço que você leitor deixe suas receitas e comentário aqui na página. Desde já agradeço 😉