Alimentos ricos em ômega 3

Ômega 3 : Conheça os benefícios e as principais fontes

O ômega 3 é importante para a nossa saúde e para a nossa qualidade de vida.

Este artigo irá reunir as principais informações sobre o ômega 3.

O que é

Conhecido como ácido linolênico, o ômega-3 é um tipo de gordura poli-insaturada que causa muitos benefícios para a saúde. Ele é um dos componentes essências para o corpo, ou seja, o corpo não produz, por sua vez deve ser adquirida através de uma dieta equilibrada ou de suplementação. Os ácidos graxos (as gorduras) são fontes importantes de energia para o nosso organismo, além de dar sabor aos alimentos são essenciais para absorção no intestino de outras vitaminas lipossolúveis, tais como, vitamina A, vitamina D, vitamina E, vitamina K.

Além de ser um ácido graxo essencial para o organismo, a partir do consumo de ômega 3, ocorre no organismo a biossíntese dos ácidos graxos, conhecidos como EPA (eicopentaenoico) e DHA (docosahexaenóico) que, apesar de serem muito parecidos, suas estruturas exercem diferentes funções  e são  muito importantes para o organismo. O EPA está ligado principalmente com a saúde cardiovascular, já o DHA é visto como um fator para o desenvolvimento do sistema cerebral e visual. E existe a biossíntese do tipo ALA (alfa-linolênico), este de origem vegetal também não pode ser produzida pelo corpo, sendo necessária a ingestão por alimentos.

Para que serve ômega 3

O ômega 3 contribui para a formação da bainha mielina, um componente que forma os neurônios e no revestimento da retina ocular, parte esta que tem a função de modificar o estímulo luminoso em estímulo elétrico para o cérebro que realiza o processo de visão. Além disso, ele protege nosso corpo de doenças cardiovasculares, mas como ele é fonte de gordura, o consumo em excesso pode engordar pois, a cada 1 g de gordura equivale a 9 KCAL.

Porém, quando utilizado de forma adequada e sob orientação médica, pode auxiliar na perda de peso. Além de ser um ótimo aliado ao funcionamento adequado do cérebro, melhorando a memória e o raciocínio, ajuda na prevenção de doenças do coração e previne também alguns tipos de câncer.

Para obter todos os benefícios do ômega 3 é necessário uma avaliação nutricional. Por isso, deve-se procurar um médico ou nutricionista, para averiguar  se a alimentação está suprindo a dose diária ou se há realmente a necessidade de fazer o uso da suplementação.

Benefícios do ômega 3

Os benefícios que o ômega 3 pode proporcionar à saúde são diversos:

  • Têm ação antiinflamatória
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Deixa a pele mais saudável
  • Auxilia o controle da pressão arterial
  • Tem efeito antitrombótico, inibe a agregação plaquetária, além de estimular a vasodilatação
  • Promove a saúde cardiovascular
  • Protege a retina
  • Melhora o desempenho cognitivo
  • Auxilia no tratamento da depressão
  • Reduz os níveis de colesterol e triglicerídeos do sangue
  • Contribui para o controle da diabetes
  • Controle da obesidade

Alimentos ricos em ômega 3

Alguns alimentos são ricos em ômega 3, e o consumo ajuda a manter o seu corpo saúdavel e também adquire os benefícios do produto sem precisar de suplementação. Os alimentos com maior concentração de ômega 3 são:

  • Sardinha;
  • Salmão;
  • Atum;
  • Semente de chia;
  • Semente de linhaça;
  • Nozes;
  • Algas marinhas;
  • Brócolis;
  • Couve de Bruxelas;
  • Couve flor;
  • Espinafre.

A recomendação diária de consumo de peixes é de 100g por dia, já os demais alimentos são de 28g por dia.

Ajuda a emagrecer?

O ômega 3 regula os níveis de leptina no organismo, que acaba melhorando o apetite e ajuda no controle da insulina. Com a insulina e a leptina controladas o resultado é perda de peso.

Gravidez e o ômega 3

A recomendação de consumo durante a gravidez poderá ser necessária, isso porque, melhora o desenvolvimento neurológico do feto e em bebês prematuros. O óleo é essencial para o desenvolvimento das capacidades cognitivas. Geralmente, os médicos prescrevem o ômega 3 em forma de suplementação, quando se percebe alguns sintomas na gestante, como:

  • Inflamações nos tendões;
  • Lesões na pele;
  • Depressão.

Pode ser ingerido durante a fase da amamentação, para suprir algumas necessidades da mãe e do bebê. Nesses casos específicos tanto na gravidez, quanto na lactação, recomenda-se de 1 a 3 g por dia.

Como tomar

Em cápsulas;

2 cápsulas de 200 a 300 mg por dia de ômega 3 por dia, junto com as refeições.

Lembrando que existem suplementos com doses maiores que essas, por isso, procure um médico para que as doses sejam adaptadas conforme as suas necessidades.

Composição

O ômega 3 é composto apenas de óleo de peixe.

Contra indicação

  • Pessoas que possuem alergia a peixes e crustáceos não podem ingerir.
  • Pessoas com problemas de coagulação ou que fazem uso de medicamentos anticoagulantes, também não devem ingerir o ômega 3, já que ao ingeri-lo a agregação plaquetária diminui, podendo causar sangramento e hematomas.

Como saber se o ômega 3 que estou tomando é puro?

Existe no mercado diversas marcas do produto, mas sempre temos dúvida qual marca é confiável. Devido está dúvida, alguns profissionais de saúde orientam a fazer um teste, que envolve a sua geladeira.

O teste é muito simples, pegue uma das cápsulas e coloque no freezer e deixe de 4 á 6 horas. Após este período fure a cápsula para ver se o conteúdo dela continua líquido, se o produto congelar o ômega 3 não é 100% puro. Tenha atenção também para produtos com o custo muito baixo, um ômega 3 de boa qualidade não custa menos de R$:50,00 reais.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *